Sobre moedas e cofrinhos: hábitos brasileiros que não funcionam na Europa

Aqui no Brasil temos ranço (essa palavra está na moda agora) com moedas. É muito comum as pessoas sempre deixarem as moedas em casa, guardadas em um cofrinho, ou então sair com as moedas contadas para o troco da passagem de trem ou ônibus e só.

Isso foi um costume que eu também sempre tive e acabei tendo problemas quando fiz minhas viagens pela Europa. Lá no Velho Mundo, as pessoas usam muito mais moedas do que dinheiro em papel.

Como o nosso Real Brasileiro é inspirado no Euro, somos já familiarizados com o formato dessas moedas. O problema começa quando você vai para o Reino Unido ou para algum outro país mais ao leste que não use o Euro.

7440_1326219271.jpg
As moedas de Euro são muito parecidas com o Real

No Reino Unido, por exemplo, o formato das moedas parece completamente aleatório à primeira vista para nós brasileiros:

EAC_great-britain-coins-money.jpg
Moedas de Libra em ordem crescente: 1, 2, 5, 10, 20 e 50 centavos, 1 e 2 libras.
IMG-20160812-WA0057.jpg
Sempre preciso de alguns segundos a mais para separar as moedas pra pagar as coisas.

Teve até uma vez em que eu estava em um pub cheio e parei no balcão para pedir uma London Pride (minha favorita no país). Como tinha muita gente pedindo, o barman viu minha dificuldade em contar as moedas e pediu para eu mostrar todas as que eu tinha para ele. Ele saiu catando as moedas necessárias e finalizou com um “thank you” que me dizia: “você não tem capacidade nem de separar moedas”.

Além dessa preferência pelas moedas, o europeu mantém um hábito que desapareceu do Brasil há alguns anos: dar 1 centavo de troco. Não importa, se você for até o supermercado, pub ou estação de trem, se sua conta fechar em noventa e seis, noventa e sete ou qualquer outro número que pareça insignificante para nós, eles irão te dar moedas de um centavo de troco. Se durante sua viagem você continuar recusando a carregar moedas no bolso, voltará para o Brasil com uma coleção considerável de moedas de 1, 2 e 5 centavos.

Então, sempre que viajar para a Europa, use suas moedas. Se sobrarem alguns, guarde como lembrança ou como promessa de gastá-las na próxima viagem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s